google075c338a8b285ce9.html
    0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho


Fátima Gouveia e Silva fala sobre A Parentalidade Consciente no regresso às aulas

Escrito em 27 de Set. de 2018


Convidámos a Coach e Facilitadora de Parentalidade consciente, Fátima Gouveia e Silva a inaugurar o nosso Blog, com um Artigo sobre um tema, de interesse para todos os Pais e Encarregados de Educação.

Esperamos que gostem !

A Parentalidade Consciente no regresso às aulas

Setembro é normalmente mês de recomeços e de regressos. Para as crianças e famílias é o tempo do regresso às aulas.

A par com o entusiasmo do novo ano está também o receio normal associado a muitas coisas novas : novos professores, novos colegas, novas matérias ou atividades ou nova escola…  

Quando esse regresso às aulas representa uma nova escola ou creche, um novo ciclo de escolaridade, um ano de transição pode ser um período de grande ansiedade para os nossos filhos e para nós. Nesta fase, somos nós pais, como adultos que somos, que temos a responsabilidade de “manter a calma”, estar presentes para ouvir os receios das crianças, não desvalorizando porventura a sua insegurança, mostrar-lhes confiança e ajudar no regresso à rotina e a horários tantas vezes sobrecarregados.

Muitas vezes, também estamos ansiosos e receosos mas se as crianças ainda tiverem que carregar o nosso stress tudo se torna mais difícil.

Para que este ano letivo seja um ano sereno e vivido em harmonia familiar quero deixar-te algumas orientações baseadas na prática de uma parentalidade consciente.

  •  Ouve atentamente o que o teu filho tem para te dizer 

    Tenta perceber quais são os receios do teu filho e não desvalorizes o que sente. Observa sem julgar. Encoraja-o a verbalizar as suas emoções e a aprender a identificá-las. A inteligência emocional é uma capacidade fundamental no desenvolvimento da sua auto estima.

  • Mostra confiança e respeita o seu ritmo

    Mostra-lhe que tens confiança nas suas capacidades para enfrentar mais um desafio e se tiver dificuldades, está tudo bem, estarás lá para o ajudar.

    “Demonstrar confiança nas nossas crianças é uma maneira de lhes incutir uma noção de valor intrínseco, de promover a noção de autonomia, de não dependência dos outros , de lhes incutir um sentimento de capacidade e de tranquilidade em relação aos desafios e ao seu desenvolvimento.”

    Aprende a respeitar o seu ritmo. O teu filho terá um ritmo próprio e único, e sobretudo não faças comparações com os colegas nem com outras crianças da família.

  • Cuidado com as expetativas

    Quanta responsabilidade colocamos nas crianças com as nossas expetativas de sucesso escolar? 

    O que acontece quando os resultados não são aqueles que queríamos ou esperávamos? Conseguimos aceitar os nossos filhos da forma como são? Acharemos que se os resultados escolares não forem fantásticos estamos a hipotecar o futuro dos nossos filhos?

    Quando nos focamos demasiado nas notas e resultados escolares as crianças habituam-se a medir o seu valor na medida dos seus resultados e por barómetros externos.

    Se nos focarmos no processo de aprendizagem, incutindo a vontade de aprender e deixando que gozem e desfrutem das varias atividades estamos a ajudá-los a viverem verdadeiramente o processo de expandir conhecimentos.

    Ao aceitares o teu filho por quem é e não pelos resultados que tem estás a contribuir para uma auto estima muito mais saudável.  

  • Aprende a comunicar de forma consciente

    Para uma comunicação mais consciente sugiro a utilização de linguagem pessoal. Se quisermos uma comunicação que promova conexão e vontade de colaborar devemos falar na 1a pessoa expressando de forma bem clara o que necessitamos.

    Lembra-te do impacto que as nossas palavras e a forma como comunicamos têm nos nossos filhos.

    “A forma como comunicamos com os nossos filhos torna-se a sua voz interior.”

      

    Podes ver o meu artigo sobre Comunicação consciente aqui.

  • Promove momentos de conexão

    Promove momentos de partilha em que estejas verdadeiramente presente para ouvires o teu filho, sem julgar, criticar, aconselhar, corrigir, interrogar … simplesmente dar afeto, amor, aconchego, oferecer um colo e um abraço sempre que necessário (ou sempre que apeteça ????).

    É aqui que te conectas, quando estás mesmo presente! E o objetivo é estar presente e procurar sintonia não mostrar sabedoria e superioridade.

  • Vê para além do comportamento

    Quando praticamos Parentalidade Consciente não olhamos para o comportamento das crianças como algo a corrigir, olhamos para o comportamento como algo a entender, pois este é apenas expressão das suas necessidades.

    Se os comportamentos do teu filho na escola ou em casa for difícil ou desafiante, observa com atenção qual a necessidade que está em falta, é ai que é necessário agir em primeiro lugar e não na correção do comportamento.

  • Evita inscrever os teu filho em muitas atividades

    Diz Daniel Becker “Nós vivemos uma cultura de excesso de valorização da aprendizagem com adultos, é um paradigma da escola do desenvolvimento. Como se o desenvolvimento de uma criança só se desse na sua interação com adultos, em aulas, supervisões, atividades programadas e estruturadas.”

    As crianças precisam de tempo para brincar. Deixemos as crianças brincar, correr, brigar, cair, esfolar os joelhos, sujar-se ...

    Sobrecarregamos as crianças com atividades, aproveitando qualquer tempo livre na tentativa de que desenvolvam competências em várias áreas mas esquecemo-nos dos interesses das próprias crianças e da importância do brincar e relacionar-se livremente com as outras crianças.

  • Ensina aos teus filhos técnicas de relaxamento

    E que tal ensinares às crianças algumas técnicas de relaxamento e até treinarem em conjunto? Às vezes simples exercícios de respiração ajudam em momentos de ansiedade e se calhar também podes aproveitar estas técnicas no teu dia a dia.

     

    Inicia este ano letivo com confiança, sem expectativas e em presença! É o que o teu filho precisa.

Por : Fátima Gouveia e Silva (Coach e Facilitadora de Parentalidade consciente)

https://www.fatimagouveiasilva.com/



×